21 de julho de 2011

.: A beleza vem de dentro! :.

Muitas pessoas me perguntam quais foram os 'trancos e barrancos' que eu mencionei aqui que me motivaram a montar o Blog e a me ver como MULHER... Como recentemente dei uma entrevista para a Revista Harmonia que circula na região da cidade onde moro, decidí compartilhar isso com vocês, afinal, pode ser que alguma leitora esteja passando por algo parecido (Deus queira que não!) e possa servir como exemplo. Vamos lá...


Há 3 anos atrás eu trabalhava no Departamento de Marketing de uma rede de loja de calçados e o ritmo acelerado do varejo me deu o ESTRESSE de presente :/
Aos 23/24 anos eu me sentia sobrecarregada no meu trabalho, tinha hora pra entrar mas quase nunca pra sair e o pior, eu chegava em casa  e não conseguia me desligar dos projetos e ações de marketing que estavam em andamento e naqueles que ainda estavam por vir.
Com o tempo eu passei a acordar a noite, perdia o sono pensando na agenda de compromissos que me aguadava no dia seguinte. Trabalhava feito uma louca e não sossegava enquanto não via o projeto pronto independente de quantas horas isso ia levar e eu achava que tinha que dar conta de tudo sozinha. Como eu tinha acabado de sair da faculdade e estava no auge do 'eu posso tudo' para conseguir o tão desejado sucesso profissional, até achava normal o meu comportamento.
Além da insônia, aos poucos outros sintomas foram aparecendo... Quando alguma coisa me era pedida de última hora eu tremia, perdia a fome e com isso, em apenas 6 meses eu perdí 8 quilos. Feridas também foram aparecendo no meu corpo, no início pequenas. Primeiro nas costas, depois nas coxas. Uma semana depois das primeiras feridas terem aparecido, quase metade do meu corpo estava tomado por elas para o meu desespero!
O quanto antes fui até minha Dermatologista que me medicou e solicitou uma biópcia para saber o que estava acontecendo. No primeiro resultado não deu nada, nem no segundo, no terceiro e no quarto. Os remédios que eu tomava e passava nas feridas só melhoravam mas não sarava nunca! Diante disso, a dermato achou melhor que eu fizesse uma dieta, pois poderia ser alergia a algum alimento...
Logo depois comecei a ter fortes dores de estômago, crises nervosas seguidas de horas de choro e vômitos, até que minha mãe começou a me dar calmantes naturais e analisando tudo o que eu estava vivendo para tentar chegar numa conclusão, percebemos que as crises sempre estavam ligadas com o que estava acontecendo no trabalho. Nos dias mais lights eu só tinha insônia e nos dias em que o bicho pegava eu tinha tudo! Diante disso tudo, Psicólogo e Gastro marcados com urgência.
Primeiro passei com o gastro e foi ele quem me alertou sobre o estresse, pois acreditem até na endoscopia não deu nada. Em seguida conversei com a psicóloga e a dermato e todos concordaram sobre o laudo.
Nisso além de estar com o corpo cheio de feridas, eu estava pesando 43k. Meu peso ideal é 55 então imaginem como eu fiquei. E se não batasse tudo isso, meu avô teve um infarto neste período e precisou de doação de sangue e eu não pude doar por estar muito abaixo do peso, foi quando a minha 'ficha caiu' de verdade.
Pedí a conta da tal empresa e fui trabalhar em outra que eu já havia trabalhado anteriormente. Por sorte não perdí financeiramente, pois estava disposta a trocar aquela empresa pela primeira proposta de trabalho que me fosse oferecida. Quando pedí demissão meus superiores não entenderam nada, afinal, eles nunca souberam o que eu tinha. Sempre guardei isso pra mim, apenas alguns colegas de trabalho que acompanhavam o meu estresse diário entenderam os motivos da minha saída.
Quando eu cheguei em casa após o pedido de demissão eu estava mais tranquila - uma sensação que eu já não sabia mais como era - e me lembro que a primeira coisa que fiz foi me olhar no espelho e o que eu ví? Uma Camila feia, magra e mal cuidada... Então, jurei pra mim mesma que aquela imagem refletida no espelho nunca mais faria parte da minha vida e comecei a entender que a beleza vem de dentro!
No outro dia comecei a me alimentar melhor, praticar exercícios com as amigas e digo que foram elas que me ajudaram muito nesta fase, pelo apoio, pela companhia, pelas risadas... Passei a olhar pra mim de outra forma, querendo ver uma Camila mulher, bonita e feliz. Aos poucos fui conseguindo e hoje consigo separar o horário de trabalho com o meu horário de descanso. Dou muito valor para os momentos em que estou jogada no sofá assistindo novela, fazendo as unhas... É o meu momento, hora de cuidar de mim, coisas que eu não fazia mais.
Mas sabe, eu não culpo ninguém por isso e até acho que fui eu quem deixei o estresse aparecer na minha vida. Se eu pensasse da mesma forma como penso e encaro as coisas hoje, eu nunca teria ficado doente!
Hoje estou 100%, recuperei minha autoestina e estou FELIZ! O Blog surgiu no meio dessa história toda, na fase em que a Camila Mulher estava nascendo, onde ME CUIDAR está acima de tudo.

Por isso que eu sempre digo: não existe roupa, sapato e maquiagem que te deixe 100% linda, pois a A MAIOR BELEZA VEM DE DENTRO!
Não quero que ninguém sinta pena de mim, afinal, sempre tem o lado bom da coisa não é?




12 comentários:

  1. Camila, eu super concordo com o que escrevesse!
    Acho importante histórias assim para termos como exemplo.
    Os maiores responsáveis pelo ritmo de vida que temos somos nós mesmos - mesmo que as vezes seja mais confortável acreditar que não é bem assim...

    Beijos,
    Maíra
    www.oqueamamos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Maíra!
    Que bom que gostou do que eu escreví e que concorda com o que eu disse... Realmente, quando nos damos conta de que tudoo que acontece na nossa vida é reflexo dos nossos atos, fica tudo mais fácil!
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila, venho acompanhando o teu blog faz um tempo já, mas por causa da Dona Preguiça, nunca comento os teus posts, até mesmo os que mais gosto. Mas agora estou sendo "obrigada" a comentar!

    A tua história deu um up no meu dia chuvoso e friiiio de Porto Alegre e fez eu lembrar de quando eu dei um basta, como tu, na minha situação quando venci a depressão!

    Parabéns querida, tua história com certeza vai fazer muitas meninas refletirem ;)

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. É isso aí Camilitcha!!! Parabéns pelo reconhecimento e principalmente pela mudança de atitudes, afinal é assim que evoluímos e com certeza, se somos felizes faremos os outros a nossa volta mais felizes, é melhor que seja assim do que ficar dependendo de algo ou alguém para nos realizarmos ou sermos mais felizes, não é mesmo? Assim também conseguimos ser livres!! Mais uma vez parabéns amiga, fico orgulhosa por você viu!!!
    Grande beijo!!

    ResponderExcluir
  5. Parbéns Camila!Que história em?
    Nada melhor do que estarmos bem interiormente!
    Não sei exatamente o motivo mas muitas vezes eu tenho crise de tristeza, fico com o auto estima lá embaixo sem saber o porque!
    Confesso que até um tempinho atrás me preocupava mais com outras coisas, com os afazeres, com o trabalho e esquecendo um pouco de mim, sempre sem tempo.Parei para pensar e vi que preciso está com minha saúde em dia!!

    Bjao
    ASS:IOLANDA

    ResponderExcluir
  6. Nossa,Cá,nunca imaginaria que você passou por tudo isso,sempre alto astral e brincalhona! É isso aí,a beleza vem de dentro sim,e se tudo tá mal na caixola,tudo vai estar pior por fora! Esse sintoma de feridas pelo corpo parece ser histeria,uma doença psicológica que está ligada ao extresse e consequentemente ao sistema emocional,mas não posso dizer ao certo,pois não terminei a facul ainda,hehe(cursando psicologia:})

    Foi bom ler seu post!

    Beijão & aguardo você no Infinito Feminino.
    www.infinitofeminino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Respondendo ao comentário da Nathália:

    Que bacana saber que vc gosta do meu espacinho e sei bem o que significa a preguiça de comentar, rs, tbm sofro desse mal! Que bom que vc gostou desse post onde conto um pouco mais sobre mim e é mto bom saber que vcv tbm VENCEU algo ruim que se passava na sua vida! Bjooooo

    ResponderExcluir
  8. Respondendo ao comentário da Juliana:

    Falou a palavra certa Ju: EVOLUIR. Mas é difícil para quem está 'doente' perceber isso para conseguir mudar, mas não impossível!E amizades como a sua são mto importantes! Bjo

    ResponderExcluir
  9. Respondendo ao comentário da Iolanda:

    Pois é querida... É muito difícil estarmos sempre 100%, mas quando percebemos que algo não está bem temos que tentar de tudo para levantar nossa altoestima e não deixarmos a peteca cair!

    Bjoooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  10. Respondendo ao comentário da Kamilly:

    Pois é... Todo mundo que fica sabendo dessa parte da minha vida não acredita! É bem aquilo: QUASE NINGUÉM VÊ OS TOMBOS QUE A GENTE LEVA! hahaha....
    Não me lembro bem o nome dado pela psicóloga para as feridas, mas deve ser isso o que vc falou! E assino embaixo o que vc disse: Se a cabeça não está 100%, o resto tbm não estará!!

    Bjoooo

    ResponderExcluir
  11. Olá Camila, recebi este link que uma amiga de trabalho, onde passei um stress grande e perdi 10kg em 3meses, fui ao medico e fiz diversos exames, mas como doença, Graças a Deus não tive nada... ainda não desisti desta empresa, só estou dando um tempo por depender financeiramente... hoje minha auto-estima esta melhor e ''caiu minha ficha'' de querer me cuidar.. adorei seu exemplo... e historia de vida!

    ResponderExcluir
  12. Olá 'Anônima'...Que bom que meu post está repercutindo e levando um bom exemplo para quem o lê.
    Mesmo estando passando por algo parecido, acredito que vc já fez o principal: detectar o problema. Vou torcer para que vc encontre a solução o quanto antes, mesmo que isso não dependa do "ME DEMITO"!
    Bjo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...